Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

António Guterres defende alta comissária da ONU após ataques de Bolsonaro

Dujarric assegurou que Guterres sente uma "imensa admiração" por Bachelet.
Lusa 9 de Setembro de 2019 às 21:09
António Guterres
Guterres na Web Summit
António Guterres foi primeiro-ministro e está nas Nações Unidas
António Guterres
Guterres na Web Summit
António Guterres foi primeiro-ministro e está nas Nações Unidas
António Guterres
Guterres na Web Summit
António Guterres foi primeiro-ministro e está nas Nações Unidas

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, defendeu hoje a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, após ataques do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, na sequência de críticas de Michelle Bachelet sobre os direitos humanos no Brasil.

"O secretário-geral está totalmente solidário com ela", disse o seu porta-voz, Stéphane Dujarric, quando questionado sobre o assunto durante uma conferência de imprensa.

Dujarric assegurou que Guterres sente uma "imensa admiração" por Bachelet, tanto pelo seu trabalho desenvolvido como alta comissária das Nações Unidas, como pelo "valor que tem demonstrado ao longo da sua vida na luta pelos direitos humanos, tanto profissional quanto pessoalmente".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)