Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

António Guterres diz que pandemia está a ser usada para suprimir liberdades

"Autoridades de alguns países tomaram duras medidas de segurança e adotaram medidas de emergência", sublinhou o secretário-geral da ONU.
Lusa 22 de Fevereiro de 2021 às 10:35
António Guterres
António Guterres FOTO: Reuters
O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, lamentou esta segunda-feira que a pandemia de covid-19 esteja a ser usada por alguns países - que não nomeou - para suprimir "vozes dissonantes" e silenciar a informação independente.

"Utilizando a pandemia como pretexto, as autoridades de alguns países tomaram duras medidas de segurança e adotaram medidas de emergência para suprimir vozes dissonantes, abolir a maioria das liberdades fundamentais, silenciar a comunicação social independente e dificultar o trabalho de organizações não governamentais", lamentou o líder da ONU, na abertura da 46.ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU.

"As restrições ligadas à pandemia servem de pretexto para minar os processos eleitorais, enfraquecer as vozes dos opositores e suprimir as críticas", acrescentou.

António Guterres Conselho de Direitos Humanos da ONU política organizações internacionais pandemia covid19
Ver comentários