Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

António Guterres pede fim da "era da chantagem nuclear" e apela a "recuo"

Apelo feito num evento que assinala o Dia Internacional da Eliminação Total de Armas Nucleares.
Lusa 26 de Setembro de 2022 às 16:15
António Guterres
António Guterres FOTO: AMR ALFIKY/reuters
O secretário-geral da ONU, António Guterres, apelou esta segunda-feira ao fim da "era da chantagem nuclear", afirmando que o uso de armas nucleares levaria a um "armageddon humanitário", tornando necessário um "recuo" face às atuais tensões.

À margem da 77.ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, num evento que assinala o Dia Internacional da Eliminação Total de Armas Nucleares, Guterres comprometeu-se a trabalhar estreitamente com todos os Estados-Membros para neutralizar as ameaças nucleares, recordando o período da Guerra Fria, que colocou "a Humanidade a poucos minutos da aniquilação" e estabelecendo um paralelo com o atual "esgrimir dos sabres nucleares".

"Deixem-me ser claro: a era da chantagem nuclear deve terminar. A ideia de que qualquer país poderia lutar e vencer uma guerra nuclear é insana. Qualquer uso de uma arma nuclear incitaria um armageddon humanitário. Precisamos de recuar", disse.

António Guterres política política nuclear
Ver comentários