Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Apenas 20% dos catalães acreditam na independência

Cerca de 30% dos inquiridos prevê um conflito permanente com o Governo de Madrid.
21 de Setembro de 2015 às 08:52
Esta sondagem foi realizada pelo jornal catalão La Vanguardia
Esta sondagem foi realizada pelo jornal catalão La Vanguardia FOTO: Reuters
Apenas 20% dos catalães acredita que o processo político atual resulte na independência, enquanto 42% está confiante num acordo com Madrid e 47% não vê opções de diálogo com o governo nacional, segundo uma sondagem publicada esta segunda-feira.

O jornal catalão La Vanguardia publica esta segunda-feira a segunda parte de uma sondagem que, no domingo, colocava a plataforma "Junts pel Sí" (Juntos pelo Sim) próxima da maioria absoluta, com 40,7% dos votos e 63 a 65 deputados, seguida de "Ciudadanos", com 21 deputados.

A segunda metade do inquérito revela que 32% dos entrevistados prevê um conflito permanente entre a Generalitat (Governo regional da Catalunha) e o Governo de Madrid, contra 42% que encara a situação com mais otimismo e confia que se inicie uma negociação para um acordo sobre o modelo de integração da Catalunha em Espanha (15%) e espera um melhor financiamento e reconhecimento da identidade catalã (27,1%).

Os eleitores mais otimistas em relação ao início de uma etapa de diálogo entre a Generalitat e o Governo a partir das próximas eleições nacionais são os do Partido Popular (71%), seguidos dos ICV (partido comunista, 62%), e Ciutadans e Partido Socialista da Catalunha (55%), enquanto os mais pessimistas sobre o assunto são os eleitores nacionalistas: os antigos votantes da coligação Convergência e União (33%) e os da Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) e da Candidatura de Unidade Popular (CUP), ambos com 28%.

Os resultados da sondagem revelam que apenas 15% dos eleitores apoiaria uma declaração unilateral de independência e 52,1% apoia que o partido do presidente catalão, Artur Mas, devia renunciar ao projeto independentista se a 27 de setembro não conseguir uma maioria dos votos e assentos.
Catalunha independência La Vanguardia sondagem Governo de Madrid Artur Mas política partidos e movimentos
Ver comentários