Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

"Apeteceu-me dar um murro ao Kanye", diz Elon Musk após partilha polémica de cruz suástica

Rapper foi suspenso da rede social esta sexta-feira devido à partilha de vários tweets que incitavam à violência. 
Correio da Manhã 4 de Dezembro de 2022 às 18:56
Elon Musk
Elon Musk FOTO: REUTERS

Elon Musk revelou, este domingo, que lhe apeteceu esmurrar o rapper norte-americano Kanye West após este ter partilhado no Twitter uma cruz suástica, combinada com a estrela judaica de David.

O rapper foi suspenso da rede social, esta sexta-feira, devido à partilha de vários tweets que incitavam à violência. 

As declarações do atual dono do Twitter surgem após ter sido questionado por um jornalista sobre como iria equilibrar a liberdade de expressão com os demais direitos fundamentais.  

"Eu pessoalmente queria esmurrar o Kanye, isto estava definitivamente a incitar-me à violência. Não é fixe", respondeu Musk, citado pela foxnews.

"Tentei o meu melhor. Ainda assim, violou [Kanye West] novamente as regras de conduta, incitando à violência. A conta será suspensa", garantiu Musk no Twitter, esta sexta-feira.  

I tried my best. Despite that, he again violated our rule against incitement to violence. Account will be suspended.

"Postar cruz suásticas é incitamento à violência", concluiu. 

Também em outubro, o músico já tinha sido banido do Twitter face a comentários antissemitas. 

Elon Musk Kanye West Twitter David artes cultura e entretenimento Internet
Ver comentários
C-Studio