Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Apoiante de Bolsonaro ataca a tiro ato pró-Haddad e mata jovem de 23 anos

Homem fez questão de gritar o nome do candidato presidencial da extrema-direita.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 28 de Outubro de 2018 às 14:25
Bolsonaro e Haddad
Bolsonaro e Haddad FOTO: Reuters

Um ataque à bala perpetrado na noite deste sábado por um suposto apoiante de Jair Bolsonaro contra um ato de apoiantes do adversário dele nas presidenciais deste domingo, Fernando Haddad, terminou com uma jovem de 23 anos morta. Charlione Lessa de Albuquerque participava num grupo a favor de Haddad na cidade de Pacajus, no estado do Ceará, quando foi atingido pelas balas.

De acordo com participantes na manifestação automóvel a favor do candidato do Partido dos Trabalhadores, PT, o autor dos disparos estava identificado como apoiante de Bolsonaro e, após os disparos que mataram Charlione, ainda fez questão de gritar o nome do candidato presidencial da extrema-direita. Ainda de acordo com essas testemunhas, a caravana automóvel pró-Haddad seguia em ritmo lento pelas ruas da cidade, que fica na área metropolitana de Fortaleza, a capital do Ceará, quando o autor dos disparos se aproximou num carro branco, fez vários disparos e fugiu gritando o nome do outro candidato.

Charlione era filho de Maria Regina Lessa, secretária nacional da Confederação Nacional da Mulher Trabalhadora no Ramo do Vestuário, ligada à CUT, Central única dos Trabalhadores, entidade sindical próxima ao PT. Regina estava no carro, ao lado de Charlione, mas não foi atingida.

Nas redes sociais, Fernando Haddad exigiu uma investigação rigorosa do crime e que Bolsonaro se explique por mais esta morte atribuída a um simpatizante seu. Na primeira volta, entre muitos outros atos de violência levados a cabo por pessoas identificadas como eleitores de Bolsonaro, já tinha ocorrido uma morte, a do mestre de Capoeira Moa do Katendê, de 63 anos, assassinado a facadas em Salvador da Bahia por um apoiante de Bolsonaro, já preso, depois de ter dito que tinha votado em Haddad.

Bolsonaro apoiante Haddad eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)