Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Ariel Sharon sem alterações

O estado de saúde do primeiro-ministro israelita continua crítico. Segundo o boletim clínico emitido ontem pelo Hospital Hadassa de Jerusalém, Ariel Sharon mantém-se em coma sob o efeito de sedativos, dez dias após ter sofrido um grave derrame cerebral.
15 de Janeiro de 2006 às 00:00
Israelitas rezam por Sharon
Israelitas rezam por Sharon FOTO: Laszlo Balogh, Reuters
De acordo com o porta-voz do Hospital Hadassa, Ron Krumer, Sharon estava ontem a receber uma pequena dose de sedativos, não estando ainda previsto o dia em que lhe será retirada a referida dose nem tão-pouco quando começará a ser ‘despertado’. Fontes hospitalares citadas ontem pela Imprensa israelita referiam ainda que os médicos estão a reduzir ligeiramente a dose anestésica, não tendo considerado necessário, em momento alguma, aumentá-la.
Aliás, os raros pareceres médicos que têm sido emitidos nos últimos dias adiantam apenas que é ainda demasiado cedo para se tirarem conclusões sobre a evolução do estado de saúde Sharon.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)