Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Armin Laschet eleito novo líder da CDU na Alemanha

Centrista ganha vantagem na corrida à sucessão de Angela Merkel na chefia do governo.
Ricardo Ramos 17 de Janeiro de 2021 às 09:20
Centrista ganha vantagem na corrida à sucessão de Angela Merkel na chefia do governo
Centrista ganha vantagem na corrida à sucessão de Angela Merkel na chefia do governo FOTO: CHRISTIAN MARQUARDT/EPA
O centrista Armin Laschet, primeiro-ministro do estado da Renânia do Norte-Vestefália, foi este sábado eleito como novo líder da União Democrata-Cristã alemã (CDU), posicionando-se como principal favorito à sucessão da chanceler Angela Merkel nas eleições de setembro.

Laschet, de 59 anos, foi eleito no congresso virtual dos democratas-cristãos, batendo na segunda volta o conservador Friedrich Merz por 521-466 votos. Antes, numa anterior ronda de votação, já tinha ficado pelo caminho o terceiro candidato à liderança o partido, Norbert Röttgen.

No ano passado, Merkel tinha dito que Laschet “possui todas as ferramentas” para ser candidato à chefia do governo, naquele que foi entendido como um sinal de apoio da chanceler. O primeiro-ministro do mais populoso estado alemão é visto como um candidato de continuidade e o mais próximo das ideias políticas de Merkel.

A sua eleição como líder da CDU não significa automaticamente que será o candidato do partido nas eleições de setembro deste ano, mas dá-lhe uma importante vantagem sobre outros potenciais candidatos como o atual ministro da Saúde, Jens Spahn, ou Markus Soeder, o popular líder da CSU, partido bávaro aliado da CDU.

No seu discurso de vitória, Laschet lembrou a primeira frase do hino alemão - ‘Unidade, Justiça e Liberdade’ - e prometeu unir o partido na luta contra todos aqueles que ameaçam aqueles valores.
Ver comentários