Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Assassinado secretário do Conselho de Segurança da Inguchétia

Akhmed Kotiev foi atacado a tiro a caminho do seu posto de trabalho.
27 de Agosto de 2013 às 08:38

O secretário do Conselho de Segurança da Inguchétia, república do Cáucaso do Norte russo, Akhmed Kotiev, foi assassinado esta terça-feira a tiro, presumivelmente por membros da guerrilha separatista, informam as agências russas.

O automóvel em que Kotiev viajava em direção ao seu posto de trabalho foi atacado a tiro por desconhecidos, tendo esse alto funcionário inguche acabado por morrer no local devido aos ferimentos.

O presidente dessa pequena república muçulmana do Cáucaso russo, Iunus-Bek Evkurov, atribuiu o assassinato à guerrilha separatista que atua na região.

Entre outras missões, Kotiev dedicava-se a convencer os guerrilheiros a deporem as armas e, segundo Evkurov, essa foi a principal razão do crime.

"Nos últimos anos, Ahmed [Kotiev] dedicou-se com muito êxito a esse tema. Expunha sempre a sua opinião de forma frontal, não receava falar com os parentes dos membros de grupos clandestinos, apelava aos bandidos para que depusessem as armas e voltassem à vida normal", disse Evkurov.

"É uma questão de honra encontrar quem fez isso", frisou o dirigente inguche.

O Cáucaso do Norte é uma região onde atuam guerrilhas islamitas que lutam pela separação dessa região da Federação da Rússia.

Segundo avançaram hoje as autoridades russas, as tropas federais mataram, na última semana, 16 guerrilheiros no Cáucaso do Norte.

rússia tiro assassinato homicídio morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)