Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

ASSASSINADO SEQUESTRADOR DE HEINEKEN

Um dos quatro homens condenados pelo sequestro em 1983 do ‘barão’ da cerveja Freddie Heineken foi assassinado a tiro num subúrbio da capital holandesa, Amsterdão. Os autores do ataque dispararam montados numa mota e puseram-se em fuga.
25 de Janeiro de 2003 às 13:56
Em 1983, Cor Van Hout planeou e executou com três cúmplices o rapto de Freddie Heineken e do seu motorista. Os dois reféns estiveram em cativeiro durante três semanas, sendo então libertados mediante pagamento de resgate. Van Hout foi preso no ano seguinte, depois de fugir para França.

Ontem à noite, Van Hout, 45 anos de idade, foi morto a tiro. Os atacantes disparam em andamento, numa mota, pelo que outras duas pessoas ficaram feridas.

Van Hout era uma conhecida figura do mundo do crime na Holanda. Cumpriu quase 11 anos de prisão pelo sequestro de Heineken, sobreviveu a um ataque a tiro em 1996, no qual sofreu vários ferimentos de bala, e foi detido em 1997, durante um breve período, numa acção policial contra o mundo do crime. Os motivos para o assassinato ainda não estão apurados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)