Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Ataque a via férrea na Colômbia pára exportação de carvão

Um ataque com explosivos no ramal ferroviário da empresa mineira El Cerrejón, no departamento de La Guajira (leste), paralisou a exportação colombiana de carvão, disse neste domingo o ministro das Minas, Mauricio Cárdenas.
18 de Dezembro de 2011 às 18:52

El Cerrejón é a maior mina de carvão a céu aberto no mundo, produzindo 32 milhões de toneladas anuais.  

O atentado, supostamente levado a cabo pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), aconteceu a 15 quilómetros da mina, no município de Puerto Bolívar, disse o ministro à Rádio Caracol,  

A explosão, segundo comunicado da empresa El Cerrejón, citado pela Efe, registou-se às 01h34 locais (06h34 de Lisboa), destruiu 250 metros de via férrea e levou ao descarrilamento de um dos comboios de carvão, depois de ter descarregado no porto de exportação.  

Segundo Cárdenas, devido a este ataque, a Colômbia deixará de exportar dez mil toneladas diárias de carvão, correspondentes a cerca de três milhões de euros.  

Já de acordo com o presidente de sustentabilidade da empresa, Julián González, o atentado poderá ter paralisado o transporte ferroviário por três dias. 

colômbia comboios ataque atentado el cerrejón explosão
Ver comentários