Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Ataque a hotel na Somália faz pelo menos 26 mortos e 56 feridos

Carro-bomba explodiu perto do edifício e grupo de atiradores entrou a matar logo de seguida.
13 de Julho de 2019 às 14:40
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Ataque armado a hotel na Somália
Pelo menos 26 pessoas morreram e 56 ficaram feridas num ataque a um hotel reinvindicado pelo grupo extremista al-Shabab na cidade de Kismayo, no sul da Somália, esta sexta-feira. 

A confirmação do número de mortos bem como as suas diferentes nacionalidades - três quenianos, um canadiano, um britânico, dois norte-americanos, dois chineses e três tanzanianos - foi avançada pelo presidente do estado de Jubalândia da Somália, Ahmed Madobe. 

Colonel Salah Osman, um polícia que fez parte das operações de eregate esta sexta-feira à noite, avançou à CNN que o ataque começou quando um carro-bomba explodiu junto ao hotel, com quatro atiradores a invadirem, de seguida, o edifício.

De acordo com a CNN, os atiradores resistiram durante cerca de 12 horas em confrontos com as forças de segurança de Jubalândia. 

Os atiradores foram abatidos durante os confrontos dentro do hotel, segundo confirma 
Osman. O ocupante do carro-bomba morreu quando este explodiu. 

Entre os mortos estão um candidato presidencial para as eleições regionais de agosto, disse o presidente do Estado de Jubalândia, Ahmed Mohamed Madobe, num comunicado. Pelo menos dois jornalistas e um funcionário da agência ONU estão também entre as vítimas.

O grupo islâmico Al Shabaab, ligado à Al Qaeda, tenta derrubar o fraco governo da Somália. Logo após o ataque, o grupo reivindicou o mesmo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)