Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Ataques da NATO vão continuar no Afeganistão

A porta-voz da NATO afirmo, esta terça-feira, que os ataques aéreos da NATO contra casas no Afeganistão são necessários e continuarão em coordenação com as forças afegãs.
31 de Maio de 2011 às 16:06
Oana Lungescu afirmou que estes ataques "são necessários e continuam a ser necessários"
Oana Lungescu afirmou que estes ataques 'são necessários e continuam a ser necessários' FOTO: Epa/Jalil Rezayee

Esta resposta vem depois de o Presidente afegão Hamid Karzai ter pedido que os mesmos cessem. Estes ataques "são necessários e continuam a ser necessários", disse Oana Lungescu aos jornalistas, na sede da Aliança Atlântica, em Bruxelas.

"Devem ser feitos em coordenação e em colaboração com as forças de segurança afegãs", acrescentou Lungescu.
 

A porta-voz lamentou as perdas civis, sublinhando que a NATO e as autoridades afegãs abriram um inquérito após a morte no sábado de 14 civis, incluindo dez crianças, durante um ataque de helicópteros a duas casas, na província de Helmand, sul.

 

A coligação internacional liderada pela NATO arrisca-se a transformar-se numa "força de ocupação" aos olhos dos afegãos se continuar a matar civis durante as operações, advertiu esta terça-feira o Presidente Hamid Karzai, 48 horas depois de ter feito um "último aviso" à organização.

 

"O bombardeamento de casas afegãs é interdito", disse Karzai.

"Isso deve acabar ou um dia teremos de tomar uma decisão unilateral para que acabe", afirmou sem explicar a decisão que pode vir a ser tomada.

NATO Oana Lungescu Aliança Atlântica Hamid Karzai Afeganistão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)