Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

ATAQUES DOS REBELDES MATAM NO IRAQUE

Numa altura em que decorre uma grande ofensiva militar conduzida pelos EUIA para recuperar o controlo da cidade de Falluja, o principal bastião dos rebeldes sunitas situado 50 quilómetros a Oeste de Bagdad, sucedem-se os ataques contra as forças de segurança iraquianas noutras cidades.
9 de Novembro de 2004 às 09:29
Em Bagdad foram atacadas duas igrejas católicas
Em Bagdad foram atacadas duas igrejas católicas FOTO: Reuters
Esta terça-feira, na cidade de Baquba, 65 quilómetros a nordeste da capital iraquiana, os rebeldes atacaram três esquadras de Polícia e envolveram-se em trocas de tiros com elementos da Guarda Nacional Iraquiana, incidentes que provocaram pelo menos 45 mortos e mais de 30 feridos, de acordo com fontes hospitalares.
Numa localidade situada 15 quilómetros a noroeste de Kirkuk, no Norte do Iraque, um carro-bomba explodiu junto a uma base da Guarda Nacional Iraquiana, causando a morte a pelo menos três pessoas e ferimentos noutras duas.
Já ontem à noite, a explosão de outro carro armadilhado em frente às urgências de um dos principais hospitais de Bagdad (Hospital Alyarmuk), causou pelo menos cinco mortos. Dois outros automóveis que explodiram junto a duas igrejas católicas na capital iraquiana mataram pelo menos três pessoas e feriram mais de 40.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)