Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Atenções viradas a sul na Super Terça-Feira

Texas é o maior prémio em maratona eleitoral nos EUA.
Ricardo Ramos 1 de Março de 2016 às 01:45
Magnata republicano venceu na Carolina do Sul. Hillary Clinton alcançou no Nevada a sua segunda vitória FOTO: Larry W. Smith/EPA e David Becker/Reuters
As eleições primárias para escolher os candidatos à Casa Branca atingem hoje dimensão nacional, com votações em 14 estados e territórios norte-americanos. A chamada Super Terça-Feira será um teste de fogo para avaliar quais os candidatos realmente capazes de atrair o voto a nível nacional e poderá ajudar a definir quem vai disputar a presidência em novembro.

No total, está em jogo cerca de um terço dos delegados necessários para assegurar a nomeação de cada partido. As atenções estão viradas para o sul e sudoeste do país, com metade dos estados em disputa. Entre estes, o maior prémio é o Texas, elegendo 252 delegados democratas e 155 delegados republicanos.

Até agora, a corrida tem sido dominada, do lado republicano, por Donald Trump e, do lado democrata, por Hillary Clinton, que venceram três das quatro primárias realizadas até agora e lideram as sondagens a nível nacional. Clinton, que nas primárias da Carolina do Sul conquistou 9 em cada 10 votos afro-americanos, deverá obter bons resultados nos estados do sul, onde os eleitores negros e latinos estão em maioria. Já nos republicanos, Marco Rubio e Ted Cruz querem aproveitar o voto proporcional para ganhar terreno a Trump , na esperança de um deles ser escolhido como o candidato do aparelho contra o milionário.

EUA eleições super terça-feira candidatos Hillary Clinto Donald Trump Casa Branca Barack Obama