Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

ATENTADO DE BALI COMEÇA A SER JULGADO

Começou a ser julgado esta segunda-feira o primeiro processo relacionado com o atentado ocorrido numa discoteca da ilha turística de Bali, no sul da Indonésia, no passado dia 12 de Outubro de 2002, que causou mais de 200 mortos, entre os quais um militar português destacado em Timor-Leste que se encontrava de licença.
12 de Maio de 2003 às 13:33
ATENTADO DE BALI COMEÇA A SER JULGADO
ATENTADO DE BALI COMEÇA A SER JULGADO
O réu deste primeiro julgamento, Amrozi, um mecânico indonésio de 40 anos, um dos principais envolvimento neste caso, é acusado, nomeadamente, de ter adquirido uma tonelada de produtos químicos que serviram para fabricar a bomba e de comprar o veículo utilizado no atentado. Caso venha a ser considerado culpado, incorre na pena de morte.
A sessão inaugural do julgamento, que é dirigido por cinco juízes, prolongou-se durante cerca de duas horas e meia, após o que foi interrompida e marcada uma nova sessão para o próximo dia 19 de Maio. Esta decisão tem por objectivo dar tempo ao Ministério Público e à acusação para estudar os casos, após terem sido determinados os aspectos processuais do julgamento.
Após ter sido detido, Amrozi, um indivíduo relacionado com a organização Jemaah Islamiya, que patrocinou o atentado, afirmou à Polícia que tinha como objectivo “matar o maior número possível de norte-americanos”. A Jemaah Islamiya, que opera no sudeste asiático, onde pretende estabelecer um Estado islâmico, está vinculada com a rede terrorista al-Qaeda, de Osama bin Laden.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)