Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Atentado suicida no Afeganistão faz 13 mortos

Ataque na província de Helmand fez ainda 19 feridos.
27 de Agosto de 2017 às 20:32
O líder dos talibãs afegãos, o 'mullah' Akhtar Mansur, terá sido ferido
Bandeira do Afeganistão
Bandeira do Afeganistão
O líder dos talibãs afegãos, o 'mullah' Akhtar Mansur, terá sido ferido
Bandeira do Afeganistão
Bandeira do Afeganistão
O líder dos talibãs afegãos, o 'mullah' Akhtar Mansur, terá sido ferido
Bandeira do Afeganistão
Bandeira do Afeganistão
Pelo menos 13 pessoas morreram e outras 19 ficaram feridas na sequência de um atentado suicida durante a passagem de um veículo do exército afegão na província de Helmand, no sul do Afeganistão.

O atentatdo verificou-se às 18h30 locais (15h00 de Lisboa), no distrito de Naea, quando um atacante suicida detonou os explosivos que transportava à passagem de um veículo militar, informou o porta-voz do governador provincial, Omar Zwak.

O chefe distrital, Agha Mohammad, confirmou o atentado contra a patrulha do exército afegão, assinalando que não existe nenhum posto de controlo onde a explosão ocorreu, pelo que o veículo foi o alvo escolhido.

Os talibãs reivindicaram o atentado através de um comunicado, onde destacam o "heróico" combatente que perdeu a vida contra as "tropas mercenárias".

O atentado surge dias depois de um outro ataque suicida contra uma mesquita da minoria muçulmana xiita em Cabul, reivindicado pelo grupo jihadista Daesh, em que morreram pelo menos 28 pessoas e mais de 50 ficaram feridas.

Esse ataque foi o primeiro de grande envergadura ocorrido no Afeganistão desde que o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na passada segunda-feira uma nova estratégia, que inclui o envio de mais tropas norte-americanas.

Segundo informações do Inspetor Especial norte-americano para o Afeganistão divulgado este mês, a guerra no Afeganistão está "estancada", com os insurgentes a controlarem 40% do país.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)