Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Ativistas em topless interrompem desfile em Paris

Duas mulheres ucranianas invadiram a passerelle durante o desfile para protestar contra o que dizem ser a sexualização da mulher na indústria da moda.
28 de Setembro de 2013 às 11:00
Em topless, duas mulheres ucranianas invadiram a passerelle durante o desfile para protestar contra o que dizem ser a sexualização da mulher na indústria da moda.

Na sexta-feira, durante o desfile de Nina Ricci na Semana da Moda de Paris, duas militantes do grupo FEMEN invadiram a passerelle, em topless, como forma de protesto.

O Femen é um grupo ativista feminista, fundado em 2008 e sediado em Kiev, Ucrânia. A organização é conhecida por protestar em topless contra temas como o turismo sexual, racismo, homofobia e o sexismo.

O assunto foi rapidamente resolvido pelos seguranças que se encontravam no local. No meio da agitação provocada pelas ativistas, as modelos continuaram a desfilar como se nada estivesse a acontecer, no entanto uma manequim foi atingida, aparentemente acidentalmente, por uma das protestantes.

semana da moda Paris ativistas protesto desfile Nina Ricci
Ver comentários