Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Atriz de Game of Thrones acusa serviços sociais de Israel de lhe raptarem a filha de oito meses

Bebé estava ao cuidado de uma amiga enquanto Josephine fazia terapia de depressão pós-parto.
Correio da Manhã 14 de Agosto de 2019 às 18:57
Josephine Gillan
Josephine Gillan com a filha
Josephine Gillan
Josephine Gillan com a filha
Josephine Gillan
Josephine Gillan com a filha

Josephine Gillan, atriz que interpretou uma prostituta na série de sucesso Game of Thrones, está a acusar os serviços sociais israelitas de lhe terem raptado a filha de oito meses. 

A atriz britânica de 31 anos afirma que a filha, Gloria, foi levada pelos serviços sociais quando estava ao cuidado de uma amiga. Num vídeo partilhado por Josephine é possível ver a menina a ser levada por uma mulher a meio da noite com a supervisão de dois homens com uniforme. 

Gloria estava ao cuidado de uma amiga de Gillan enquanto esta se encontrava a fazer terapia para depressão pós-parto. A terapia foi mesmo aconselhada pelos serviços sociais e as autoridades autorizaram que Gloria ficasse ao cuidado da amiga da atriz. 

Apesar de o acordo com as autoridades de que Gloria ficaria com a amiga de Josephine, a menina foi levada pelos funcionários dos serviços sociais sem explicação à mãe e com ameaças à amiga desta. 

"O momento perturbador em que os serviços sociais israelitas raptaram a minha bebé às 00h30 de domingo! A minha amiga suplicou, mas foi ameaçada de seria detida caso não entregasse a minha bebé", escreveu a atriz. 

Gillan mudou-se para Israel pouco antes do nascimento da sua filha. Antes de aparecer na série, Gillan ganhava a vida como prostituta e fazia vídeos para adultos. Em 2016 revelou ao jornal britânico Mail On Sunday que a série lhe mudou a vida ao tirá-la da vida de prostituição.

Thrones Israel Gloria Josephine Gillan Game questões sociais interesse humano
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)