Atriz declara-se culpada no caso da seita sexual que envolve estrelas de Hollywood

Allison Mack foi uma das figuras principais da rede de tráfico humano.
11.04.19
Esta segunda-feira a atriz Allison Mack, da série "Smallville" declarou-se culpada em tribunal no caso de culto sexual da organização criminosa, NXIVM ("Nexium"). 

A empresa existe desde 1998, mas foi em 2018 que se descobriu que o grupo, alegadamente vocacionado para a auto-ajuda e crescimento pessoal, servia como porta de entrada para uma rede de tráfico humano, onde as mulheres eram marcadas como gado e utilizadas como escravas sexuais. 

A empresa descrevia-se como "uma comunidade guiada por princípios humanitários que procura ajudas as pessoas e responder a importantes questões sobre o sentido de ser humano". As mulheres eram mutiladas na região pélvica com as iniciais de Keith Raniere -  fundador da NXIVM e conhecido por "The Vanguard" - que contava com 15 a 20 escravas para satisfazer os seus fetiches sexuais.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!