Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

AUSTRÁLIA HOMENAGEIA VÍTIMAS DE BALI

A Austrália cumpre este domingo um dia de luto nacional pelas vítimas mortais do violento atentado terrorista do passado sábado na estância turística indonésia de Bali, no qual mais de cem australianos perderam a vida, no dia mais sangrento para o país desde a II Guerra Mundial.
20 de Outubro de 2002 às 14:00
Ao meio-dia todos os australianos cumpriram um minuto de silêncio, enquanto repicavam os sinos de todas as igrejas do país. Por toda a Austrália realizaram-se cerimónias públicas e religiosas em homenagem dos 103 australianos mortos e desaparecidos na explosão à porta do clube nocturno “Sari”, em Bali, um dos destinos turísticos mais procurados pelos australianos. A maioria das vítimas eram jovens surfistas ou atletas, em busca das boas ondas das praias de Bali ou a comemorar o fim da temporada desportiva de Inverno.

Tradicionalmente afastados dos grandes acontecimentos mundiais, devido ao seu isolamento geográfico, os australianos foram agora as principais vítimas do terror internacional. O primeiro-ministro John Howard, em discurso transmitido para um serviço religioso em Sydney, reforçou a intenção do seu governo em descobrir os responsáveis pelo atentado e levá-los à justiça.

BANDEIRA BRITÂNICA A MEIA HASTE

A Bandeira da União (Union Flag) britânica está hoje a meia haste no Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha Isabel de Inglaterra, e em todas as missões diplomáticas britânicas espalhadas pelo Mundo.

Mais do que fazer a associação ao luto na Austrália, onde Isabel I de Inglaterra é a Chefe de Estado simbólica, o gesto da monarca pretende constituir uma homenagem às vítimas de todas as nacionalidades que perecerem no atentado em Bali.

O atentado provocou 187 mortos confirmados e 309 feridos. Neste balanço do terror incluem-se 11 britânicos mortos, oito presumivelmente mortos e 13 desaparecidos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)