Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Autópsia revela que George Floyd testou positivo para coronavírus em abril

Afro-americano teve um ataque cardíaco ao ser imobilizado pela polícia, acabando por morrer minutos depois.
Lusa 4 de Junho de 2020 às 07:02
George Floyd
George Floyd
Uma autópsia completa a George Floyd, morto às mãos da polícia dos EUA, foi divulgada esta quarta-feira e fornece novos detalhes, entre eles que o afro-americano testou positivo à covid-19 em abril.

O relatório de 20 páginas divulgado pelo Departamento de Medicina Legal do condado de Hennepin foi divulgado com a permissão da família e depois do médico legista ter divulgado conclusões sumárias na segunda-feira, concluindo que Floyd teve um ataque cardíaco ao ser imobilizado pela polícia e classificando a sua morte a 25 de maio de homicídio.

O relatório revelou que Floyd testou positivo para a covid-19 a 03 de abril, mas que parecia assintomático. No relatório também se observa que os pulmões de Floyd pareciam saudáveis, mas apresentava um estreitamento das artérias no coração.

George Floyd EUA crime lei e justiça questões sociais polícia morte violência racismo coronavírus covid19
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)