Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Autora de “Comer, Orar, Amar” assume homossexualidade

Afinal havia outra na vida da autora Elizabeth Gilbert.
Joana Lobão 8 de Setembro de 2016 às 19:09
Autora de “Comer, Orar, Amar”com o agora ex-marido
Elizabeth Gilbert com a atual companheira
Elizabeth Gilbert na sua viagem de descoberta pessoal
Elizabeth Gilbert com a namorada Rayya Elias
Elizabeth Gilbert e Rayya Elias
Elizabeth Gilbert
Elizabeth Gilbert, Comer, Orar, amar, Homossexualidade, Rayya Elias, José Nunes, Separação, Best Seller, Cancro
Elizabeth Gilbert com o ex marido
Elizabeth Gilbert
Elizabeth Gilbert
Autora de “Comer, Orar, Amar”com o agora ex-marido
Elizabeth Gilbert com a atual companheira
Elizabeth Gilbert na sua viagem de descoberta pessoal
Elizabeth Gilbert com a namorada Rayya Elias
Elizabeth Gilbert e Rayya Elias
Elizabeth Gilbert
Elizabeth Gilbert, Comer, Orar, amar, Homossexualidade, Rayya Elias, José Nunes, Separação, Best Seller, Cancro
Elizabeth Gilbert com o ex marido
Elizabeth Gilbert
Elizabeth Gilbert
Autora de “Comer, Orar, Amar”com o agora ex-marido
Elizabeth Gilbert com a atual companheira
Elizabeth Gilbert na sua viagem de descoberta pessoal
Elizabeth Gilbert com a namorada Rayya Elias
Elizabeth Gilbert e Rayya Elias
Elizabeth Gilbert
Elizabeth Gilbert, Comer, Orar, amar, Homossexualidade, Rayya Elias, José Nunes, Separação, Best Seller, Cancro
Elizabeth Gilbert com o ex marido
Elizabeth Gilbert
Elizabeth Gilbert

Foi nas redes sociais que a autora do best seller "Comer, Orar, Amar" anunciou o verdadeiro motivo da recente separação do marido. Depois de 12 anos de casamento com José Nunes, Elizabeth Gilbert, separou-se do companheiro há três meses e revela agora o verdadeiro motivo da separação.

Segundo publicou na sua página pessoal nas redes sociais, Elizabeth, resolveu pôr fim à relação porque encontrou um novo amor que lhe "roubou o coração". O que ninguém esperava era que o dono do seu coração fosse, na verdade, uma mulher.

"Muitos de vocês já sabem quem é Rayya Elias para mim. Ela é a minha melhor amiga, sim, mas sempre foi algo maior do que isso. Ela é o meu modelo, a minha companheira de viagens, a minha fonte de luz mais confiável, a minha fortaleza, a minha confidente mais fiel. Resumindo, ela é a minha pessoa", desabafou Elizabeth

Apaixonada, a autora do livro de memórias pretende manter-se ao lado da atual companheira que trava uma batalha contra o cancro do pâncreas e fígado, "no momento em que soube do diagnóstico de Rayya, um alçapão abriu-se no fundo do meu coração, e toda a minha existência caiu por aquela porta. A partir desse momento, tudo passou a ser sobre ela."

Gilbert apela ainda aos fãs que compreendam a decisão e explica que apenas partilhou o desabafo porque quer sentir a liberdade de "poder entrar em qualquer espaço de braço dado com a Rayya sem me sentir desconfortável", conclui.

Elizabeth Gilbert Comer Orar amar Homossexualidade Rayya Elias José Nunes Separação Best Seller Cancro
Ver comentários
C-Studio