Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Autoridades mexicanas tentam salvar baleias encalhadas

Operações de resgate duraram 15 horas.
15 de Maio de 2016 às 23:42
Baleias
Baleias FOTO: Getty Images
As autoridades mexicanas tentaram durante 15 horas salvar cerca de duas dúzias de baleias-piloto, encalhadas numa praia, mas só foram bem sucedidas com três mamíferos, disseram este domingo responsáveis ambientalistas.

As 27 baleias-piloto de barbatana curta (Globicephala macrorhynchus) encalharam, no sábado, numa praia perto de São Felipe, na região mexicana de Baja California.

Responsáveis da agência federal de proteção ambiental mexicana (PROFEPA), soldados e pescadores tentaram manter os mamíferos hidratados e levá-los para águas mais profundas. Mas a maré baixa e a tendência das baleias de voltar a nadar para a costa condenou a maior parte dos animais.

"Só conseguimos manter vivas duas baleias-piloto adultas e uma cria", disse em declaração a PROFEPA.

A agência indicou que as baleias não mostravam marcas de terem sido magoadas ou de terem ficado presas em redes de pesca, acrescentando que as baleias-piloto têm um forte sistema de coesão social e "não abandonam outras baleias em perigo, mesmo que isso signifique morrer".
ambiente baleias. méxico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)