Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Autoridades não parecem interessadas em investigar os incidentes em Cafunfo, diz analista

Sérgio Calundungo defendeu que o Presidente angolano se deve pronunciar sobre o caso.
Lusa 9 de Fevereiro de 2021 às 12:48
Confrontos em Cafunfo, Angola
Confrontos em Cafunfo, Angola FOTO: Direitos Reservados
O coordenador do Observatório Político e Social de Angola (OPSA), Sérgio Calundungo, afirmou esta terça-feira que as autoridades angolanas não parecem interessadas em investigar os incidentes em Cafunfo e defendeu que o Presidente angolano se deve pronunciar sobre o caso.

Em declarações à Lusa sobre os acontecimentos de final de janeiro na vila mineira da Lunda Norte, em que várias pessoas morreram e ficaram feridas, o também analista político defende uma investigação independente.

Cafunfo Presidente Sérgio Calundungo investigação
Ver comentários