Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Autoridades palestinianas usam punho de ferro

A Polícia palestiniana impediu na segunda-feira à noite que um grupo de militantes do Hamas, munidos com ‘rockets’, levasse a cabo uma ofensiva contra Israel na Faixa de Gaza. A operação acabou com a detenção de dois indivíduos, numa acção que obedece às ordens dadas à Polícia pelo presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, para utilizar ‘punho de ferro’ sobre qualquer tentativa de quebrar as tréguas com Israel.
3 de Maio de 2005 às 12:03
Esta foi a primeira intervenção do género desde 28 de Abril, quando o presidente Abbas fez questão de salientar que deverão ser impedidos, pela força se necessário, quaisquer ataques com ‘rockets’ e disparos sobre objectivos israelitas, naquele que foi o mais sério aviso feito até ao momento aos grupos radicais.
O Hamas já se pronunciou sobre os incidentes, confirmando que os militantes estavam armados, mas que não tinham quaisquer intenções de disparar os ‘rockets’. O porta-voz do Ministério do Interior, Toufiq Abu Khoussa, declarou que a Polícia tentou deter os militantes, que abriram fogo contras as autoridades, obrigado a Polícia palestiniana a responder. Khoussa anunciou que um dos indivíduos conseguiu fugir, sendos que os outros dois elementos foram desarmados e detidos por terem desrespeitado o acordo entre as autoridades e as facções militantes, que visa a continuação do cessar-fogo até, pelo menos, ao final do presente ano.
Poucas horas após a detenção, os dois militantes do Hamas foram libertados em troca da promessa de que iriam respeitar as tréguas com Israel.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)