Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Autoridades sírias libertam 240 prisioneiros

Festividades do fim do Ramadão.
18 de Julho de 2015 às 13:17
A maioria dos libertados são opositores do regime do presidente Bashar al-Assad ou participaram em manifestações pacíficas
A maioria dos libertados são opositores do regime do presidente Bashar al-Assad ou participaram em manifestações pacíficas FOTO: EPA
As autoridades sírias libertaram mais de 240 prisioneiros, a maioria opositores ao regime da Síria, por ocasião da festividade do Eid al-Fitr, que comemora o fim do Ramadão.

"As autoridades libertaram mais de 240 pessoas da prisão de Adra, próxima de Damasco, sendo que a maioria foi julgada diante do tribunal antiterrorista", disse à AFP Michel Chammas, advogado e defensor dos direitos humanos.

Trinta e cinco mulheres estão entre as pessoas libertadas.

A maioria destas pessoas, que foram presas e processadas sob a lei antiterrorista, são opositores do regime do presidente Bashar al-Assad ou participaram em manifestações pacíficas.

Entre os libertados está o escritor Gharir Hussein, acusado de "propagação do terrorismo", que foi preso em fevereiro de 2012 com dois amigos, o jornalista e ativista Mazen Darwish e Hani Zaitani.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) referiu que 200 mil pessoas estão presas em centros de detenção e prisões sírias e milhares destes prisioneiros encontram-se desaparecidas.

Síria prisioneiros
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)