Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Avaria em central elétrica deixa Timor-Leste sem luz durante cerca de três horas

Técnicos estiveram a trabalhar "mais de cinco horas" para resolver os problemas existentes.
Lusa 18 de Agosto de 2019 às 16:08
A recusa de visto prévio deveu-se "à não-conformidade com normas fundamentais em vigor em Timor-Leste"
A recusa de visto prévio deveu-se 'à não-conformidade com normas fundamentais em vigor em Timor-Leste' FOTO: EPA
Grande parte do território de Timor-Leste, com exceção do enclave de Oecusse, esteve este domingo sem luz durante cerca de três horas devido a uma avaria na principal central elétrica do país, em Hera, a leste da capital.

O Ministério das Obras Públicas informou numa mensagem divulgada através do Facebook que o serviço elétrico foi suspenso entre as 19:50 e as 23:20 locais (menos oito horas em Lisboa), devido a um problema num "disjuntor de proteção do transformador" da central.

Técnicos da Eletricidade de Timor-Leste (EDTL) e da empresa Wartsila trabalharam para reparar o problema, tendo o ministro das Obras Públicas, Salvador Pires -- que visitou a central --, agradecido a "paciência de toda a comunidade".

Os técnicos estiveram a trabalhar "mais de cinco horas" para resolver todos os problemas existentes, explica a mesma mensagem.

A EDTL explica num dos seus 'posts' sobre a situação que houve um problema com o sistema de controlo eletrónico da central de Hera, afetando um dos disjuntores, o que levou ao corte de toda a energia para o país.

A única região que esteve sempre com a situação normalizada foi a do enclave de Oecusse Ambeno, que tem um gerador independente, em Sakato, na parte leste da região.
Ver comentários