Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Avião cai em cima de casa e mata 50

Um avião que fazia um voo doméstico entre Newark e Buffalo, no estado norte-americano de Nova Iorque, despenhou-se na madrugada de ontem sobre uma casa minutos antes da aterragem, causando a morte a todos os 49 passageiros e tripulantes, bem como a uma pessoa no solo. Fontes oficiais e da comunidade lusa em Newark contactadas pelo CM não tinham notícia de portugueses entre as vítimas.
14 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Os bombeiros lutaram toda a noite para extinguir as chamas, impedindo a propagação a outras casas
Os bombeiros lutaram toda a noite para extinguir as chamas, impedindo a propagação a outras casas FOTO: Gary wiepert/ Reuters

O aparelho, um Bombardier Dash 8 Q400 operado pela Colgan Air para a Continental Airlines, contactou a torre de controlo do aeroporto de Buffalo por volta das 22h20 locais (03h20 em Lisboa), a fim de anunciar que iniciava a viragem para se fazer à pista. Faltavam menos de cinco minutos para a hora prevista para a aterragem e o piloto não tinha comunicado qualquer anomalia. Dois minutos depois, o avião desapareceu dos radares.

Testemunhas no solo afirmaram ter visto o aparelho a descer abruptamente, fazendo um barulho estridente, segundos antes de embater com violência numa casa e explodir numa gigantesca bola de fogo. Os bombeiros acorreram rapidamente ao local mas nada conseguiram fazer para socorrer as 49 pessoas que seguiam a bordo do avião. Um homem morador na casa atingida teve morte instantânea mas a mulher e a filha sofreram ferimentos ligeiros.

Os bombeiros combateram as chamas durante toda a noite, evitando que se espalhassem ao resto do bairro, mas só ontem à tarde conseguiram entrar no que restava da fuselagem do aparelho, devido ao intenso calor gerado pelo incêndio. As caixas-negras do avião já foram recuperadas e poderão dar algumas pistas sobre as causas do acidente. O avião tinha entrado em serviço há menos de um mês. 

MAIS DADOS

LONDRES 

Um avião da British Airways realizou ontem uma aterragem de emergência no Aeroporto da Cidade de Londres. Duas das 72 pessoas a bordo ficaram feridas e as restantes foram evacuadas em segurança. A aterragem de emergência ficou a dever-se a uma falha no trem de aterragem.

VIÚVA DO 11/9

Beverly Eckert, viúva de uma das vítimas dos ataques do 11 de Setembro e presidente de uma associação de familiares das vítimas, seguia a bordo do avião acidentado. Viajava para Buffalo para assinalar aquele que seria o 58.º aniversário do marido.

AVIÃO SEGURO

Especialistas dizem que o Bombardier Dash 8 Q400, bimotor a hélice com capacidade para 78 pessoas, é um avião moderno e seguro. Não há registo de acidentes graves com estes aparelhos.

Ver comentários