Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Avião-espião chinês assinalado no Japão

Um avião-espião chinês foi visto próximo da Ilha de Kyushu, no Sul do arquipélago do Japão. É a primeira vez que tal acontece e pode confirmar os recentes alertas dos EUA para a modernização militar da China, com pertinência agravada pelo actual momento de tensão entre Pequim e Tóquio.
13 de Setembro de 2005 às 11:29
Os EUA têm vindo a alertar para os perigos da modernização militar chinesa
Os EUA têm vindo a alertar para os perigos da modernização militar chinesa FOTO: d.r.
O avião chinês de vigilância electrónica foi visto por duas vezes em Agosto, mas só hoje a agência noticiosa japonesa Kyodo deu a notícia, citando fontes em Washington. O governo japonês não confirma... nem desmente, limitando-se a proclamar oficial não ter informação sobre o incidente.
De acordo com a agência Kyodo, o avião-espião chinês foi visto dentro da chamada zona de defesa aérea japonesa. A mesma fonte adianta tratar-se do primeiro incidente do género e explica a identificação do aparelho chinês pelas suas características externas e padrão de voo.
A China e o Japão tem um longo historial de desentendimento político, desde versões diferentes sobre a II Guerra Mundial e até aos direitos territoriais no Mar da China Oriental, onde os chineses estão a desenvolver um campo de exploração de gás natural, bem próximo de uma área cuja soberania é reclamada pelos japoneses.
A tensão entre a China e o Japão agravou-se com a postura nacionalista do primeiro-ministro japonês e tende a agravar-se ainda mais com a reeleição de Junichiro Koizumi, esta semana, agora para um mandato com maioria parlamentar absoluta. Ainda ontem, a imprensa sul-coreana avisou que a maioria absoluta atribuída a Koizumi vai criar instabilidade em toda a Ásia.
Recorde-se que, em Julho deste ano, o Departamento de Defesa dos EUA (Pentágono) emitiu um relatório no qual manifestava preocupação face à modernização militar chinesa, indicando que esse factor vai mudar a balança do poder estratégico na Ásia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)