Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

AWACS PROTEGE CASAMENTO REAL

Um avião de vigilância electrónica AWACS da NATO vai ajudar as autoridades espanholas a zelar pela segurança do casamento do príncipe Felipe e Letizia Ortiz, no próximo dia 22.
5 de Maio de 2004 às 00:00
Esta é apenas uma das medidas de segurança previstas, que deverão mobilizar mais de dez mil pessoas em terra e no ar. Acrescente-se que o plano de segurança prevê ainda a suspensão do Tratado de Schengen.
O pedido para a cedência de um AWACS foi feito na semana passada pelo governo espanhol à NATO e foi prontamente aceite pela Aliança Atlântica, que já tinha “emprestado” dois dos seus aviões de vigilância electrónica à Espanha por ocasião da Cimeira Europeia de Sevilha, em Junho de 2002.
Aliás, o dispositivo de segurança aérea que vai ser usado na boda real é muito idêntico ao usado por Espanha nas duas Cimeiras Europeias que organizou nesse ano (Sevilha e Barcelona) e envolve, para além do AWACS, um número indeterminado de caças F-18 e, possivelmente, baterias de mísseis antiaéreos.
Em terra, a segurança será providenciada por cerca de dez mil agentes da Polícia e Guarda Civil, incluindo cerca de 200 ‘snipers’ estrategicamente colocados nos telhados em redor da catedral de Almudena e várias brigadas antiterroristas.
MEDO DE ATAQUES
Note-se que o dispositivo de segurança para a boda foi completamente reformulado após os atentados terroristas de 11 de Março em Madrid. Os planos iniciais visavam evitar um possível atentado da ETA, mas agora a principal preocupação das autoridades tem a ver com um eventual ataque da rede terrorista al-Qaeda.
A CASA DE FELIPE E LETIZIA
Criticada pelo (elevado) custo e pelo estilo, um tudo nada antiquado, a residência do príncipe Felipe, situada a poucos metros do Palácio da Zarzuela, ficou pronta no Verão de 2002. É ali que o herdeiro espanhol e Letizia Ortiz irão residir mal acabe a lua-de-mel.
Projectada por Manuel del Río, director do Departamento de Arquitectura do Património Nacional, a ‘casita’ está avaliada em cerca de 4,2 milhões de euros, tem 3150 metros quadrados de área total e compreende um sótão e dois pisos. No primeiro, fica a biblioteca e um salão de festas com vista para a piscina e jardins. No segundo piso, na chamada zona privada, situam-se a suite dos príncipes e uma sala de estar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)