Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Bangladesh: Mortos revistos em alta

O número de vítimas do ciclone 'Sidr' que atingiu o Bangladesh na sexta-feira passada, já atinge as 2.388, segundo dados provisórios do Centro de Controlo de Desastres daquele país asiático. No entanto, continuam desaparecidas milhares de pessoas.
18 de Novembro de 2007 às 15:03
O ciclone 'Sidr' foi já classificado como um dos mais desvastadores das últimas décadas, mas a aplicação de um plano de evacuação e o facto de ter tocado a costa durante o período da maré baixa evitou um maior número de vítimas.
A situação no Bangladesh foi a mais grave, continuando desaparecidas milhares de pessoas que não levaram em conta os avisos de evacuação lançados pelo governo.
Três dias depois da catástrofe, dezenas de milhares de vítimas continuam sem tecto, água potável ou medicamentos, ao mesmo tempo que já estão a chegar ao país as equipas de ajuda médica internacional.
Recorde-se que o ciclone 'Sidr' teve ventos até aos 233 quilómetros por hora e vagas de cinco metros de altura, num país onde 60 milhões de pessoas vivem a uma altitude inferior aos dez metros acima do nível do mar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)