Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Bangladesh: Número de mortos aumenta

Pelo menos 40 pessoas morreram desde ontem em resultado dos distúrbios registados no Bangladesh depois da sentença de morte ditada contra o vice-presidente do Jamaat-e-Islami, o maior partido islamita do país, informou esta sexta-feira a agência estatal UNB.
1 de Março de 2013 às 09:08
Delwar Hossain Sayedee, vice-presidente do partido Jamaat-e-Islami
Delwar Hossain Sayedee, vice-presidente do partido Jamaat-e-Islami FOTO: REUTERS/Stringer

A mais recente vítima desta onda de violência foi um seguidor do partido Liga Awami atacado esta sexta-feira por membros do Jamaat-e-Islami na localidade de Sundarganj, no norte do país.

Os distúrbios começaram depois de um tribunal de Dacca ter condenado à morte o líder do partido JeI Delawar Hossain Sayedi pela sua implicação em crimes contra a humanidade na guerra que em 1971 resultou na independência do atual Bangladesh do Paquistão.

Delwar Hossain Sayedee é o segundo responsável político condenado à pena de morte pelo controverso "tribunal internacional dos crimes" do Bangladesh, situado em Daca.

bangladesh morte partidos sentença
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)