Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Batasuna fica sem milhões

O Supremo Tribunal espanhol determinou que os dois milhões de euros devidos ao partido nacionalista basco Batasuna, a título de financiamentos eleitorais, deverão ser entregues às vítimas do terrorismo.
20 de Março de 2006 às 00:00
Marcha a favor do Batasuna
Marcha a favor do Batasuna FOTO: Alfredo Aldai/EPA
A ordem do Tribunal diz respeito às eleições gerais de 1986, 1989 e 1993 nas quais o Batasuna, braço-político da ETA, obteve representação parlamentar. À face da lei, esse facto dava-lhe direito automático a receber subvenções eleitorais.
A actual decisão do Supremo, baseada no facto de o Batasuna não existir à face da lei, põe fim a uma batalha durante a qual os nacionalistas obtiveram várias sentenças favoráveis que os governos, socialistas e do Partido Popular, se escusaram a cumprir usando todos os recursos possíveis e sendo por esse facto punidos.
Os quase dois milhões de euros de subvenções eleitorais ficam agora nas mãos do Ministério do Interior, que deverá destinar a maior parte desse dinheiro às vítimas da ETA e a organizações que as representam.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)