Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Bebé salvo por impressora 3D

Uma inovação na impressão 3D permitiu à criança de 16 meses voltar a respirar normalmente.

24 de Março de 2014 às 12:55
Um desenvolvimento recente na impressão 3-D permitiu ao bebe de 16 meses voltar a respirar normalmente.

Garrett Peterson nasceu com um problema na traqueia que, frequentemente, lhe dificultava a respiração. Agora, devido a uma inovação na impressão 3D, o bebé de 16 meses poderá ter uma vida normal. Uma tala flexível, construída por uma impressora 3D, vai possibilitar que a criança possa respirar com normalidade.

"Quando ele fica chateado, às vezes apenas com uma troca de fraldas, chega a ficar completamente azul", revelou a mãe de Garrett Peterson à cadeia de rádios norte-americana 'NPR'.

Glenn Verde, médico da Universidade de Michigan, e Scott Hollister, um engenheiro biomédico responsável pelas investigações na área da impressão 3D na mesma universidade, são os responsáveis pela consederável melhoria da qualidade de vida de Garrett Peterson. Os dois membros da Universidade de Michigan tiveram conhecimento do caso do bebé através dos seus pais e criaram um dispositivo que vai manter a traqueia de Garrett aberta, até que a criança seja suficiente desenvolvida para respirar sem ajuda.

Terminada a implantação da prótese, Garrett mantém-se no hospital a recuperar. Por enquanto, a família Peterson tenta não pensar muito no futuro e garante que, neste momento, estão felizes por ver o filho respirar com facilidade. "Ele está mais interativo e desperto. Interage mais com os seus brinquedos", disse o pai, Jeff Peterson. "Ele está a começar a ser uma criança normal", acrescentou o progenitor.

Garrett não é o primeiro paciente da dupla da Universidade de Michigan, que originalmente desenvolveu este dispositivo no ano passado, para ser aplicado em Kaiba Gionfriddo, de seis meses.

A construção de dispositivos projetados em computadores 3D a partir de materiais flexíveis, como por exemplo o plástico, começam a ter cada vez mais impacto na medicina. Além das doenças na traqueia, a impressão 3D tem sido usada para ajudar pacientes pediátricos com más formações do crânio.

medicina traqueia bebé Estados Unidos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)