Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Berlusconi causa queda do governo

Ministros do Povo da Liberdade demitiram-se em resposta à expulsão iminente do líder conservador do Senado e derrubaram executivo de coligação.
29 de Setembro de 2013 às 01:00
Um dia antes de cumprir 77 anos, Berlusconi derrubou o governo de coligação de Enrico Letta
Um dia antes de cumprir 77 anos, Berlusconi derrubou o governo de coligação de Enrico Letta FOTO: Massimo Percossi/Reuters

Os ministros do partido Povo da Liberdade, de Silvio Berlusconi, apresentaram ontem a demissão em bloco e abriram uma nova crise política em Itália. As demissões fazem cair o governo do primeiro-ministro Enrico Letta e poderão forçar a realização de eleições antecipadas ou a formação de nova coligação.

As demissões surgem um dia depois de Letta fazer um ultimato a Berlusconi, desafiando-o a dizer se o seu partido apoiaria uma moção de confiança ao governo. A resposta contundente surge na véspera do aniversário de Berlusconi, que hoje cumpre 77 anos, e é a última chantagem de ‘Il Cavaliere’, que assim reage à iminente aprovação, a 4 de outubro, da sua expulsão do Senado, como resultado da sua condenação a quatro anos de cadeia por fraude fiscal no caso ‘Mediaset’.

Berlusconi ameaçava derrubar o governo há mais de um mês e agora, segundo fontes do seu partido, considerou "inaceitável" o ultimato de Letta.

Desconhecia-se ontem quando Letta se reunirá com o presidente de Itália, Giorgio Napolitano, para formalizar a queda do governo, mas o encontro poderá ter lugar ainda hoje.

Sublinhe-se que a nova crise em Itália, terceira maior economia europeia, ameaça aprofundar a crise na Zona Euro e retardar ainda mais as reformas exigidas a Itália pelas instituições europeias. O país está em recessão há mais de dois anos, tem uma dívida pública de dois mil biliões de euros e um desemprego jovem que já disparou para os 40%.

Berlusconi governo coligação Senado povo da liberdade Enrico Letta
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)