Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Bilionário da Coca-Cola apanhado com 5 mil plantas de canábis no seu jato particular

Alkiviades David foi detido no aeroporto.
16 de Maio de 2019 às 16:49
Alkiviades David
Alkiviades David
Alkiviades David
Alkiviades David
Alkiviades David
Alkiviades David
Alkiviades David
Alkiviades David
Alkiviades David

Alkiviades David, empresário bilionário de 50 anos, foi preso após ter entrado no aeroporto Robert L Bradshaw, em São Cristóvão e Neves, nas Caraíbas, por ter na sua posse 5000 plantas de canábis no seu jato particular.

Um porta-voz das autoridades afirmou que o bilionário grego, que detém ações maioritárias da Coca-Cola, foi acusado de posse de drogas.

O empresário foi inicialmente libertado mas foi preso pela segunda vez no dia 9 de maio. Estima-se que Alkiviades tivesse na sua posse cerca de um milhão de euros de plantas e sementes de canábis quando foi apanhado pelo controlo alfandegário.

De acordo com The Vancouver Sun, as plantas seriam entregues à SwissX, empresa de maconha medicinal do bilionário. Alkiviades David foi libertado sob fiança no dia 14 de maio, segundo um porta-voz da polícia.

"Foi-lhe concedida fiança sob novas condições", adiantou o porta-voz.

O acusado negou as acusações, segundo o jornal The St.Kitts Nevis Observer, afirmando ainda que as plantas eram uma variedade diferente da canábis e que não eram ilegais em São Cristóvão, pois não tinham THC, composto ativo encontrado na planta considerada medicinal.

 

Alkiviades David empresário Caribe Saint Kitts Coca-Cola SwissX Tribunal de Magistrado de Basseterre THC
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)