Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

BLAIR ATINGIDO COM PRESERVATIVOS

Manifestantes atiraram preservativos cheios de um pó púrpura contra Tony Blair, esta quarta-feira, durante um discurso proferido pelo primeiro-ministro britânico perante a Câmara dos Comuns, no Parlamento.
19 de Maio de 2004 às 18:14
Trata-se da segunda falha de segurança registada esta semana na em torno da governação britânica. Após o incidente, Blair foi rapidamente acudido por alguns dos legisladores presentes na reunião. O pó atirado atingiu o ombro esquerdo do primeiro-ministro britânico, que foi evacuado da sala devido a receios de que o produto projectado sobre si fosse nocivo.
Na segunda-feira, um homem conseguiu introduzir-se no castelo de Windsor, fingindo ser um polícia. O protesto desta quarta-feira reacendeu as preocupações em torno da segurança no parlamento.
O incidente parece não ter preocupado Tony Blair, que voltou à sala dos Comuns após uma interrupção da sessão de cerca de 70 minutos.
O protesto, que ocorreu cerca das 11h20 durante a sessão semanal de perguntas ao primeiro-ministro, foi reclamado por um grupo de defesa dos direitos dos pais. Dois homens foram detidos na sequência do incidente.
"Pais para a Justiça" ( em inglês, "Fathers 4 Justice"), um grupo que defende a igualdade de direitos para os pais divorciados sobre a custódia dos filhos, explicou que o acto desta manhã é apenas o primeiro de muitos outros previstos para o dia do pai, a 20 de Junho. A púrpura é a côr internacional para a igualdade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)