Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

BLAIR QUER PREMIAR RESPONSÁVEIS PELO RELATÓRIO SOBRE O IRAQUE

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, pretende premiar com títulos e outras honras de estado as pessoas que o ajudaram a elaborar o "dossier" com o qual justificou a invasão do Iraque, com os EUA.
10 de Outubro de 2004 às 17:07
O plano, hoje divulgado pelo jornal “The Sunday Times”, prevê a atribuição de títulos de Cavaleiro ou de Oficial do Império britânico como reconhecimento do apoio dado a um conflito que dividiu o Reino Unido.
Muitos dos potenciais condecorados prepararam o material sobre a suposta posse de armas de destruição maciça pelo Iraque, que serviu para convencer parte da opinião pública britânica e mundial quanto à necessidade de uma acção "preventivo".
O documento a que o The Sunday Times teve acesso não justifica porque é que Blair tomou esta decisão, que quase coincide com a publicação nos Estados Unidos de um relatório elaborado pela CIA, no qual se conclui definitivamente que Saddam Hussein não possuía as armas que lhe atribuíram tanto Londres como Washington.
De acordo com uma velha tradição britânica, o primeiro- ministro tem a prerrogativa para elaborar uma lista de pessoas às quais o governo de Sua Majestade distingue pelos serviços prestados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)