Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Bloco xiita falha maioria

A Aliança Iraque Unido, principal bloco político xiita, venceu as eleições iraquianas de 30 de Janeiro mas não conseguiu alcançar a maioria absoluta que os seus dirigentes esperavam, revelam os resultados oficiais ontem divulgados pela Comissão Nacional de Eleições.
14 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Ritual de flagelação da Ashura. Os xiitas são a maior força política iraquiana
Ritual de flagelação da Ashura. Os xiitas são a maior força política iraquiana FOTO: Khalil/Epa
O bloco xiita, liderado por Abdul Aziz al-Hakim e apoiado pelo todo-poderoso ayatollah Ali al-Sistani, recolheu 47,6 por cento dos votos, seguido pela coligação curda, com 25,4 por cento, e pelo bloco secular xiita do primeiro-ministro interino Iyad Allawi, com 13,6 por cento dos votos. O principal partido sunita, a aliança liderada pelo presidente Ghazi al-Yawar, não foi além de 1,7 por cento dos votos, o que não lhe dará mais de cinco lugares na futura Assembleia Nacional. Resultado susceptível de agravar ainda mais a instabilidade e as divisões étnicas no país.
Recorde-se que os principais partidos sunitas boicotaram a votação, e a afluência às urnas nas províncias sunitas foi muito reduzida. Na província de al-Anbar, por exemplo, votaram apenas 3800 pessoas, ou seja, cerca de dois por cento dos eleitores inscritos. A taxa de participação a nível nacional foi de 58 por cento.
Apesar da vitória, a Aliança Iraque Unido manifestou-se desapontada por não ter alcançado a maioria absoluta. “Esperávamos mais que isto. Esperávamos pelo menos chegar aos 50 por cento”, admitiu o candidato Humam Hamoody, adiantando que o seu partido vai pedir explicações à Comissão Eleitoral porque, na véspera, tinha sido informado por fonte oficial de que deveria obter cerca de 60 por cento dos votos. “O atraso na divulgação dos resultados levanta algumas dúvidas”, afirmou o candidato.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)