Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Boko Haram atacados

Entre 100 e 200 membros do grupo radical islâmico foram mortos por milícias populares.
16 de Maio de 2014 às 08:09
Um suposto engenho explosivo causou ontem o caos em Lagos
Um suposto engenho explosivo causou ontem o caos em Lagos FOTO: EPA

Grupos de cidadãos mataram entre 100 e 200 radicais do grupo terrorista islâmico Boko Haram. O ataque aconteceu quarta-feira junto a Rann, no estado de Borno, onde em abril os radicais raptaram mais de 200 alunas menores.

Armados com arcos e flechas, adagas e machetes, os residentes atacaram uma coluna de radicais que preparava um assalto à cidade. "Chegaram em camiões e estavam bem armados, mas triunfámos", afirmou um líder das milícias, que se apropriaram de 70 motas, dois camiões e um blindado do Boko Haram.

Entretanto, em Lagos, um bairro foi evacuado enquanto a polícia investigava um possível engenho explosivo. O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, criticado pelos EUA por uma resposta lenta à ameaça radical, visita hoje Chibok onde, a 15 de abril, foram raptadas as meninas.

boko haram atacado nigéria terrorismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)