Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Bomba da 2.ª Guerra obriga à retirada de milhares de pessoas

Zona residencial foi evacuada para neutralizar dispositivo encontrado na Grécia.
11 de Fevereiro de 2017 às 10:33
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina
As autoridades gregas iniciaram hoje uma operação para retirar cerca de 70 mil habitantes de Tessalonica com o objetivo de neutralizar, no domingo, uma bomba da Segunda Guerra Mundial recentemente descoberta.

Os primeiros habitantes a ser retirados são 320 pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, que serão transportados em 20 ambulâncias, segundo as autoridades regionais da Macedónia, na Grécia.

A operação de neutralização da bomba deve ocorrer no domingo de manhã. Todos os residentes dum raio de 1,9 quilómetros do local onde a bomba foi descoberta na semana passada terão de ser retirados.

A saída de todos é "obrigatória" por "razões preventivas de segurança", sublinhou o perfeito da região, Apostolos Tzitzikotas, numa conferência de imprensa na sexta-feira, segundo a agência France Presse.

A operação é inédita na Grécia, "onde uma bomba duma tal potência nunca foi encontrada numa zona povoada".

A bomba, que contém 250 quilos de explosivos, foi descoberta enterrada perto de um posto de gasolina, e data da Segunda Guerra Mundial, que durou entre 1939 e 1945.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)