Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

BOMBA PERTO DA EMBAIXADA INDONÉSIA EM PARIS

Uma bomba de média potência explodiu, esta sexta-feira de madrugada, em frente à embaixada da Indonésia em Paris, fazendo 10 feridos ligeiros, numa acção considerada criminosa pelas autoridades francesas, que prometem uma investigação rápida.
8 de Outubro de 2004 às 11:21
A explosão ocorreu cerca das 04h00 de Lisboa e foi provocada por um pacote armadilhado, "com intenção criminosa", indicou desde logo o ministro do Interior francês, Dominique de Villepin.
Das dez pessoas que ficaram feridas, quatro pertencem à missão diplomática indonésia e encontravam-se no interior da embaixada quando ocorreu a explosão.
O general na reforma Susilo Bambang Yudhoyono, vencedor oficial da eleição presidencial na Indonésia, condenou o atentado e apelou ao governo francês para "fazer respeitar a lei" e "reforçar a protecção dos cidadãos indonésios em França".
O presidente francês, Jacques Chirac, que se encontra de visita oficial a Hanoi, enviou as suas condolências às autoridades de Jacarta e prometeu também que serão "empregues todos os meios necessários para esclarecer este acto criminoso".
SEGURANÇA DAS EMBAIXADAS REFORÇADAS
O governo francês anunciou esta sexta-feira o reforço da protecção de representações diplomáticas e outros locais "sensíveis" após o atentado desta madrugada contra a embaixada indonésia em Paris.
O anúncio foi feito pelo Ministério do Interior após uma reunião do Comité de Informação Interna, que reúne os responsáveis dos principais corpos de segurança do país.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)