Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Bombeiros e fumadores têm maior probabilidade de contrair coronavírus

Estudo revela grupos que têm um maior risco de apanhar Covid-19.
Correio da Manhã 4 de Março de 2020 às 11:09
Fumadores
Fumadores
Serviço vai ajudar fumadores a deixarem o tabaco
Fumadores
Fumadores
Serviço vai ajudar fumadores a deixarem o tabaco
Fumadores
Fumadores
Serviço vai ajudar fumadores a deixarem o tabaco
Um estudo realizado por especialistas do Instituto Kirby, da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, revela que os fumadores e os bombeiros no ativo têm uma maior probabilidade de contrair coronavírus. Também os residentes da cidade de Sydney, que estiveram expostos ao fumo dos incêndios nos últimos meses, sofrem riscos elevados.

"As pessoas que sofreram doenças pulmonares durante os incêndios florestais e ainda não recuperaram podem vir a ser as mais afetadas. Os que não sofreram de nenhuma doença não devem correr grandes riscos", explicou a professora universitária Raina MacIntyre.

Quanto aos fumadores, a explicação é simples: apesar de não estar estabelecido um vínculo direto entre o tabagismo e a infeção pelo vírus Covid-19, este hábito pode aumentar as condições propícias à contração de coronavírus.

"O tabagismo está associado a outras doenças graves que podem potenciar o risco. É sempre uma boa altura para deixar de fumar, agora aina mais", disse um dos médicos especialistas.

Esta situação está a causar algum alarme entre as comunidades australianas, onde nos últimos meses vários incêndios consumiram hectares de floresta, diminuindo a qualidade do ar em várias regiões, provocando um aumento de doenças pulmonares na população.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)