Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Bombeiros lutam para salvar aldeia da erupção vulcânica em La Palma

Equipas de emergência usam escavadoras para abrir canal e tentar desviar torrente de lava das habitações de Todoque.
Ricardo Ramos 23 de Setembro de 2021 às 09:15
A carregar o vídeo ...
Imagens de drone mostram rio de lava em La Palma
Dezenas de bombeiros lutaram esta quarta-feira durante várias horas para tentar desviar parte da torrente de lava que ameaçava dezenas de casas na aldeia de Todoque, na ilha de La Palma. A operação teve “resultados positivos”, mas a ameaça do vulcão Cumbre Vieja ainda não terminou. A velocidade de deslocação da lava em direção ao mar caiu substancialmente nas últimas horas, o que aumenta a capacidade de destruição em terra.

Auxiliados por escavadoras, os bombeiros abriram um canal livre de obstáculos para desviar a lava para uma ribanceira, enquanto outras equipas arrefeciam com água os flancos da torrente, numa tentativa desesperada para ‘conduzir’ a lava e evitar que atingisse o centro da aldeia de 1310 habitantes. O esforço foi bem-sucedido, mas não evitou a destruição de algumas casas na entrada da localidade. No total, a lava expelida pelo vulcão Cumbre Vieja, que entrou em erupção no domingo, já destruiu 320 habitações e arrasou 154 hectares de terreno. Mais de 6 mil pessoas foram obrigadas a deixar as suas casas.

A velocidade de deslocação da frente de lava caiu esta quarta-feira para cerca de 4 metros por hora, o que poderá aumentar a sua capacidade destrutiva: impedida de avançar pelo arrefecimento e solidificação da frente, a lava é ‘empurrada’ para os lados, aumentando desta forma a área atingida.
La Palma Cumbre Vieja Todoque acidentes e desastres lava vulcão erupção
Ver comentários