Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Caso semelhante de 2015 pode ajudar a retirar menino que caiu no poço

Criança está presa há mais de 40 horas, em Espanha. Bombeiros mostram vídeo de salvamento.
15 de Janeiro de 2019 às 08:46
Equipas de resgate com dificuldades em retirar a criança
Poço onde caiu o menino
Equipas de resgate com dificuldades em retirar a criança
Equipas de resgate com dificuldades em retirar a criança
Poço onde caiu o menino
Equipas de resgate com dificuldades em retirar a criança
Equipas de resgate com dificuldades em retirar a criança
Poço onde caiu o menino
Equipas de resgate com dificuldades em retirar a criança

Já passaram mais de 48 horas desde que Julen caiu dentro de um poço.

A imprensa espanhola afirma que o País "parou" para acompanhar o resgate do menino. "Ainda há esperança", pode ler-se em muitos comentários às notícias que vão circulando nas redes.

Nas últimas horas, os vizinhos revelam ter rezado para que as buscas e as ações de resgate acabem bem. Mais de uma centena de operacionais da Guarda Civil, bombeiros e operários de empresas especializadas continuam à procura da criança.

Agora, também os Bombeiros de Albacete se prontificaram a ajudar a resolver este caso, publicando um vídeo na rede social Twitter, onde mostram o resgate feito num caso semelhante. 

Em 2015, as equipas de socorro conseguiram resgatar um homem que caiu a um poço, com uma estrutura semelhante ao poço onde se encontra Julen.


O buraco teria cerca de 60 metros de profundidade. A morte do homem foi confirmada com a ajuda das câmaras térmicas. Passaram 14 horas depois da chamada de socorro para o 112 quando o homem foi returado, por uma mão.




Bombeiros de Albacete País Julen Twitter Guarda Civil Bomberos acidentes e desastres questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)