Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Boris Johnson pondera renunciar ao cargo de primeiro-ministro por estar insatisfeito com salário

Primeiro-ministro britânico aufere mais de 165 mil euros anuais.
Correio da Manhã 18 de Outubro de 2020 às 13:46
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido FOTO: Reuters

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, está a ponderar renunciar ao cargo na próxima primavera por estar insatisfeito com o salário de mais de 165 mil euros anuais, segundo o Partido Conservador, citado pelo jornal britânico The Mirror.

A ex-primeira-ministra britânica, Theresa May, já terá ganho mais de 1.102.432 euros em palestras desde que deixou o cargo e Boris Johnson não quererá ficar atrás, até porque já ganhou mais de 176 mil euros por mês com apenas dois discursos e mais de 25 mil euros mensais com textos que escrevia para uma coluna de jornal.

"O Boris tem pelo menos seis filhos, alguns pequenos o suficiente para precisarem de ajuda financeira. Ele teve que pagar uma fortuna à ex-mulher Marina Wheeler como parte do acordo de divórcio", disse um dos deputados ao The Mirror.

Os deputados do partido de Boris Johnson acreditam, no entanto, que antes de tomar uma decisão, este pretende esperar para ver como evolui a situação do país tendo em conta o Brexit e a pandemia de Covid-19.

Boris Johnson Partido Conservador política economia Reino Unido salário primeiro-ministro renúncia cargo
Ver comentários