Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

BRANSON NO NEGÓCIO DO TURISMO ESPACIAL

O dinâmico patrão do grupo empresarial britânico Virgin, Richard Branson, entrou no negócio do turismo espacial e promete começar a oferecer viagens orbitais por cerca de 200 mil euros por passageiro já a partir de 2007.
27 de Setembro de 2004 às 15:02
Com um investimento inicial de cerca de 100 milhões de dólares e a constituição de uma nova empresa, a Virgin Galactic, Branson entra num negócio do qual espera vir a receber muitos mais milhões de dólares em receitas nos próximos anos. O patrão da Virgin refere à partida que, neste caso, o céu não é o limite: "O hotel orbital vai acontecer", promete Branson.
Para começar, Branson associou-se ao projectista Burt Rutan e ao co-fundador da Microsoft Paull Allen, responsáveis pelo projecto 'SpaceShipOne', a nave que em Junho passado permitiu o primeiro voo espacial tripulado particular. O piloto Mike Melvill levou a nave até 100 quilómetros de altitude, num histórico voo de 90 minutos, que teve início com a largada - como se de um míssil se tratasse - do avião de transporte 'White Knight'.
O novo projecto prevê a construção inicial de cinco naves com base no desenho da 'SpaceShipOne' e capazes de voar até 130 quilómetros de altitude. Branson anunciou que a Virgin Galactic vai iniciar voos de turismo espacial já a partir de 2007. Cada voo levará 5 passageiros e a duração de cerca de 3 horas. Obviamente, Branson planeia seguir a bordo no voo inaugural.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)