Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Brasil confirma primeira morte relacionada com variante Ómicron

Morte foi confirmada esta quinta-feira pelas autoridades de saúde do estado de Goiás, onde a vítima vivia.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 7 de Janeiro de 2022 às 02:22
Testes à Covid-19
Testes à Covid-19 FOTO: Ricardo Moraes / Reuters

A variante Ómicron do coronavírus, que está a assustar o mundo inteiro, fez a sua primeira vítima mortal no Brasil. A morte foi confirmada esta quinta-feira pelas autoridades de saúde do estado de Goiás, onde a vítima vivia.

A primeira pessoa a morrer devido a infeção com a variante era um homem, tinha 68 anos, e vivia na cidade de Aparecida de Goiânia, vizinha a Goiânia, a capital de Goiás. Foi internado com um quadro de Covid-19 no dia 24 de Dezembro e morreu no dia 27, mas só esta quinta-feira ficou pronto o exame laboratorial que confirmou a Ómicron.

O doente já tinha tomado as três doses de vacinas contra o coronavírus disponibilizadas para toda a população no Brasil, mas tinha doenças pré-existentes. Sofria de obstrução crónica pulmonar e de hipertensão arterial.

O Brasil, que até final do ano passado parecia relativamente imune à nova vaga da pandemia provocada pela Ómicron, desde o início deste novo ano juntou-se ao grupo de países onde a variante disparou. Em grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, hospitais e postos de saúde de bairro estão a abarrotar de pessoas com sintomas de Covid-19, o que provoca espera de muitas horas até ao atendimento médico.

Boa parte das cidades já cancelou totalmente o Carnaval ou vai permitir apenas eventos com controlo de testagem e certificado de imunização.
Ómicron Brasil Goiás Aparecida de Goiânia Covid-19 saúde doenças mortos infetados
Ver comentários