Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Brasil: Detidos por vender arma a atirador

A polícia do Rio de Janeiro prendeu na madrugada deste sábado dois homens por terem intermediado a venda de um dos revólveres utilizados por Welligton Menezes da Silveira, o atirador que matou 12 crianças na quinta-feira em uma escola em Realengo.
9 de Abril de 2011 às 14:39
Atirador matou 12 crianças em escola do Rio de Janeiro
Atirador matou 12 crianças em escola do Rio de Janeiro FOTO: Marcelo Sayao/Epa

Os detidos foram localizados por um polícia à paisana, que ouviu um diálogo suspeito entre eles. Os homens foram levados para a esquadra, por volta das 23h00 da noite de sexta-feira [menos quatro do que em Lisboa), onde prestaram depoimento e acabaram por confirmar sua participação na venda da arma de calibre 32 ao assassino.   

Segundo informou o jornal "O Dia", a arma foi vendida a Welligton por 260 reais (114 euros) e cada um dos homens recebeu 30 reais (13 euros) pela intermediação.  

Após o depoimento, a Divisão de Homicídios (DH), que cuida do caso, fez um pedido de prisão preventiva no plantão do Tribunal de Justiça, que foi concedido durante a madrugada de hoje.

brasil rio de janeiro atirador massacre escola alunos polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)